Tag: Divulgação

0

Uma forma simples de entender o mundo quântico (V.4, N.5, P.2, 2021)

No mundo quântico os entes físicos se comportam como ondas e os efeitos de interferências construtivas e destrutivas controlam esse universo. Todos os efeitos quânticos são associados a interferências construtivas de ondas, já as interferências destrutivas eliminam determinados valores de energia, quantidades de movimento e posição. No estado estacionário as ondas são bem definidas espacialmente e não se alteram mais com o tempo.

0

A beleza das paisagens vistas do espaço: uma ciência chamada Sensoriamento Remoto (V.4, N.3, P.11, 2021)

O Amazônia I, satélite criado em parceria Brasil-China, teve as suas primeiras imagens publicadas pelo INPE. Trata-se de uma representação da superfície terrestre com uma enorme riqueza de informações e detalhes, o que permite reflexões sobre o uso e a ocupação territorial. O Sensoriamento Remoto, tecnologia utilizada, se constitui de uma técnica de obtenção de imagens da superfície sem que haja qualquer contato entre o objeto e o sensor e comumente faz uso de satélites, aviões e drones.

0

As Computadoras de Harvard (V.3, N.12, P.8, 2020)

Grupo de mais de 40 mulheres do Harvard College Observatory contratadas para trabalhar com Astronomia e Astrofísica no século XIX responsável por várias contribuições a Ciência. Na época, a dinâmica de um homem liderar várias mulheres era um cenário comum, hoje conhecido como “efeito harém”. Muitas computadores realizaram grandes avanços em suas áreas, como por exemplo Annie Jump Cannon, Williamina Fleming e Henrietta Swan Leavitt.

0

Cupins Alados – De onde vem as “aleluias” e como são produzidas? (V.3, N.11, P.8, 2020)

“Aleluias” são cupins alados que saem de suas colônias em busca de parceiros para acasalamento. Há indícios de que a chuva e a densidade do ar influenciam as revoadas. Antes dos vôos, ocorre uma grande preparação por parte de todas as castas da colônia. Os cupins operários constroem túneis para que os alados possam sair e os cupins soldados se posicionam para defender o cupinzeiro de predadores.

0

D.P.O.C. – Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (V.3, N.11, P.6, 2020)

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica se caracteriza pela limitação ao fluxo de ar nos pulmões, o que reduz a circulação de oxigênio no sangue e espalha substâncias inflamatórias por todo o organismo. Compõe-se de um conjunto de alterações pulmonares que incluem o enfisema e a bronquite crônica e, mesmo sendo tratável, ocupa a quarta posição das causas de morte em todo o mundo. Os principais sintomas são tosse, falta de ar e chiado ao respirar.

Twitter