Tag: Animais

0

Por que paleontólogos pesquisam a força da mordida de espécies extintas? (V.4, N.3, P.12, 2021)

Foi publicada recentemente uma nova pesquisa sobre os hábitos alimentares dos pterossauros – os répteis voadores do Mesozoico, que conviveram com seus parentes próximos, os dinossauros, embora sejam um grupo à parte. Os hábitos alimentares de alguns pterossauros têm sido muito obscuros e discutidos entre pesquisadores. Parte disso vem da grande diversidade de formas vistas em pterossauros, variando desde espécies com os mais distintos tipos de dentição até espécies com perda total dos dentes.

0

Controle de pragas urbanas (V.4, N.2, P.9, 2021)

É considerado praga tudo aquilo que causa incômodo, por exemplo ver uma formiga no chão da cozinha é minimamente aceitável, mas no momento que você vai pegar seu açúcar e ele está cheio de formigas, ela te causou um dano e incômodo então a formiga se tornou uma praga. As pragas urbanas, vão desde insetos, roedores e aracnídeos, até animais com proteção ambiental como abelhas, pombos, morcegos e até gambás, que se proliferam e que oferecem risco a saúde humana.

0

Mitos e verdades sobre a Raiva! (V.4, N.2, P.3, 2021)

A raiva é uma das doenças mais antigas conhecidas pela humanidade, famosa por uma história rica e fantasiosa, associada com o desenvolvimento da civilização, progresso das cidades e domesticação dos animais. Nos dias de hoje, a raiva ainda é uma das zoonoses mais importantes a nível mundial, causando aproximadamente 60.000 mortes humanas todo ano. No Brasil, a raiva ainda ocorre com certa frequência, atingindo principalmente morcegos e bovinos e, mais recentemente, alguns outros animais silvestres.

0

Sobre outros olhares para a divulgação científica (V.3, N.7, P.17, 2020)

Um dos maiores desafios para democratizar o conhecimento das ciências é substituir verdades dogmáticas por hipóteses transitórias. A Teoria da Evolução possui aspectos inaceitáveis para uma parcela significativa da sociedade e provoca discussões acaloradas sobre a ausência de uma inteligência transcendental. Nos últimos 50 anos, diversos cientistas se dedicaram a levar os fundamentos da Evolução para fora do ambiente acadêmico, dentre eles se destacam dois grandes divulgadores científicos: Dawkins e Gold.

0

Os cupins e as cidades brasileiras: viver em sociedade é vantajoso? (V.3, N.7, P.15, 2020)

Um cupinzeiro concentra milhares de cupins operários e soldados, bem como uma cidade aglomera milhares de pessoas. Uma resposta para o porquê desta organização social em comum pode ser a energia. O pesquisador venezuelano Klaus Jaffe indica que quanto mais indivíduos em uma cidade ou em uma colônia de insetos, mais eficiente é o consumo energético. Em outros termos, quanto maior o grupo social, menor será o consumo de energia por habitante.

Twitter