Categoria: V.3. N.11 2020

0

Cupins Alados – De onde vem as “aleluias” e como são produzidas? (V.3, N.11, P.8, 2020)

“Aleluias” são cupins alados que saem de suas colônias em busca de parceiros para acasalamento. Há indícios de que a chuva e a densidade do ar influenciam as revoadas. Antes dos vôos, ocorre uma grande preparação por parte de todas as castas da colônia. Os cupins operários constroem túneis para que os alados possam sair e os cupins soldados se posicionam para defender o cupinzeiro de predadores.

0

Covid-19, vacina e ciência: vivendo o presente de olho no futuro (V.3, N.11, P.7, 2020)

A vacina é uma estratégia de prevenção de doenças infecciosas (vírus, bactérias) que levam a melhoria na qualidade de vida e da saúde da população. Você já parou para pensar que sua decisão individual de não se vacinar ou de não vacinar seus filhos pode causar sofrimento ou até mesmo a morte de algumas pessoas? E não estamos falando apenas daquela pessoa distante, que você mal conhece, mas também de seus vizinhos, seus pais, filhos, avós e amigos próximos.

0

D.P.O.C. – Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (V.3, N.11, P.6, 2020)

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica se caracteriza pela limitação ao fluxo de ar nos pulmões, o que reduz a circulação de oxigênio no sangue e espalha substâncias inflamatórias por todo o organismo. Compõe-se de um conjunto de alterações pulmonares que incluem o enfisema e a bronquite crônica e, mesmo sendo tratável, ocupa a quarta posição das causas de morte em todo o mundo. Os principais sintomas são tosse, falta de ar e chiado ao respirar.

0

[VI CONEXÃO] Mesa “Diálogo sobre Ciência e Cidadania – popularização da Ciência” (V.3, N.11, P.5, 2020)

Na segunda mesa do evento, foram discutidos assuntos como a Popularização da Ciência, através de um diálogo sobre Ciência e Cidadania. Na crescente necessidade por atividades extensionistas em meio a inúmeras dificuldades que estão sendo enfrentadas nesse momento de crise, o VI Conexão traz a importância de refletirmos juntos sobre o Ser Cientista e as implicações sociais que esta carreira traz, por meio de perguntas com muitas respostas, perguntas sem respostas e também aquelas que nos levam a outras perguntas

0

As Cientistas: Henrietta Leavitt (V.3, N.11, P.4, 2020)

Henrietta Swan Leavitt (1868-1921) foi a mulher responsável por revolucionar a Astronomia. O seu trabalho tornou possível o cálculo da distância das galáxias e contribuiu para a compreensão das nebulosas. A relação período-luminosidade de estrelas cefeídas (estrelas gigantes ou supergigantes) é chamada de Lei de Leavitt em sua homenagem.

Twitter