Categoria: 2021

0

Orientações sobre segurança alimentar com foco na Horticultura Urbana (V.4, N.4, P.3, 2021)

Durante dois anos a equipe do grupo de extensão em orientações sobre segurança alimentar com foco em Folhas e Legumes da Horticultura de Santo André (FoLHoSA) percorreu hortas urbanas do município de Santo André. O objetivo da equipe foi de promover um diálogo entre a Universidade (UFABC) e os horticultores urbanos, no sentido de alertá-los para a possível presença de contaminantes inorgânicos e micro-organismos patogênicos no solo, insumos e alimentos e, ainda, divulgar informações sobre segurança alimentar.

0

|Podcast| Vacinas Brasileiras (V.4, N.4, P.2, 2021)

Em mais este podcast do CienciON são discutidos aspectos e características das vacinas disponíveis no Brasil: Oxford e Coronavac. A professora Ana Paula Dau (UFABC), pesquisadora de biotecnologia e biologia molecular para o desenvolvimento de vacinas com pós-doutorado pelo Butantan foi convidada para mais este episódio e nos trouxe informações importantíssimas. Venha descobrir a diferença entre elas.

0

Bem-vindes ao Nanoverso! (V.4, N.4, P.1, 2021)

O desenvolvimento de materiais baseados em nanotecnologia apresenta diferentes aplicações nas áreas de Medicina, Engenharia, Cosméticos, Agricultura, Eletrônica e Computação. Embora essa estratégia seja recente, a nanotecnologia se faz presente em diferentes materiais na natureza, especialmente em tecidos biológicos. Nossos grupos de pesquisa estudam as aplicações de materiais nanoestruturados visando obter melhores resultados quanto a toxicidade, eficiência e simplificação de processos de produção.

0

Por que paleontólogos pesquisam a força da mordida de espécies extintas? (V.4, N.3, P.12, 2021)

Foi publicada recentemente uma nova pesquisa sobre os hábitos alimentares dos pterossauros – os répteis voadores do Mesozoico, que conviveram com seus parentes próximos, os dinossauros, embora sejam um grupo à parte. Os hábitos alimentares de alguns pterossauros têm sido muito obscuros e discutidos entre pesquisadores. Parte disso vem da grande diversidade de formas vistas em pterossauros, variando desde espécies com os mais distintos tipos de dentição até espécies com perda total dos dentes.

0

A beleza das paisagens vistas do espaço: uma ciência chamada Sensoriamento Remoto (V.4, N.3, P.11, 2021)

O Amazônia I, satélite criado em parceria Brasil-China, teve as suas primeiras imagens publicadas pelo INPE. Trata-se de uma representação da superfície terrestre com uma enorme riqueza de informações e detalhes, o que permite reflexões sobre o uso e a ocupação territorial. O Sensoriamento Remoto, tecnologia utilizada, se constitui de uma técnica de obtenção de imagens da superfície sem que haja qualquer contato entre o objeto e o sensor e comumente faz uso de satélites, aviões e drones.

Twitter