Radicais Livres e Antioxidantes: Características e Efeitos (V.3, N.12, P.5, 2020)

Estimated reading time: 13 minute(s)

Os radicais livres são átomos ou moléculas que perdem sua estabilidade eletrônica ao ganhar ou perder elétrons de sua camada de valência. Devido a essa instabilidade, pode ocorrer interações químicas não saudáveis ao organismo.

 

Figura 1: Imagem ilustrativa de danos a pele causada por estresse oxidativo

 

Isso é normal, pois nesse exato instante você está produzindo uma pequena porcentagem desses compostos. Só pelo simples fato de você estar respirando, esses compostos são gerados no seu organismo, porém, não se preocupe, se você for uma pessoa que se alimenta bem e que pratica exercícios físicos diariamente a produção desses compostos não chega ultrapassar de 5% e nessa quantidade, o organismo consegue estabilizá-los.

 

Diversos fatores estão relacionados com os radicais livres presentes no corpo de todos os seres humanos. O excesso desses compostos dentro do organismo pode acarretar em sérios problemas de saúde. Exemplos:

 

– estresse, consumo de alimentos processados, excesso de gordura, álcool, tabaco, radiação UV, toxinas, vírus, bactérias, sono desregulado, dentre outras.

 

Bem, agora você deve estar se perguntando “E o que eu posso fazer para diminuir com esses radicais no organismo?” Estou correto?! Infelizmente, quando se tem muito excesso desses radicais livres presentes no organismo, estes podem causar danos irreversíveis, como no caso de doenças neurodegenerativas e tumores. Por isso é muito importante manter o nível desses compostos baixo.

 

E se eu te contar que existem diversos compostos que atuam contra esses radicais livres, de modo a diminuir a concentração das espécies oxidantes. Esses compostos são conhecidos como agentes antioxidantes. Existem diversos alimentos que contém vitaminas, como A, B, C, E, dentre outras que atuam contra esses compostos oxidantes.

 

Devido a rotina de muitas pessoas serem bastantes atarefadas, geralmente não são consumidos as quantidades de vitaminas necessárias para que o nosso organismo consiga atuar frente a esses radicais livre. Desse modo, o estudo de compostos que apresentem atividade antioxidante é demonstra sua importância.

 

Esses compostos antioxidantes são vendidos comercialmente provindo do isolamento dos compostos encontrados em frutas, legumes, verduras, plantas ou o mais comum, a síntese de compostos com estruturas químicas análogos, como o caso do ácido ascórbico (Vitamina-C).

 

Diante dessa necessidade de compostos que apresentem atividade antioxidante, o nosso grupo de pesquisa tem como foco a síntese de compostos que apresentem atividades biológicas, ou seja, moléculas orgânicas que possam apresentar atividade frente a fatores que são considerados maléficos para o organismo humano.

 

Dentro do meu projeto, irei realizar a síntese de monocalcogentetos que possam apresentar atividades biológicas. Para a realização deste, será realizado primeiramente a síntese de duas classes de moléculas, a primeira será o dicalcogentetos e a segunda classe será de ácidos arilborônicos. Após a obtenção destes, serão utilizado para realizar a síntese do monocalcogento, empregando catalizadores e aquecimento. O nome calcogento se dá através de átomos da família dos calcogênios estarem presentes na estrutura da molécula.

 

Figura 3. Scopus de compostos de organocalcogenetos já sintetizados pelo grupo de pesquisa

 

Figura 4. Mecanismo de síntese de monocalcogenetos que é empregada, no nosso grupo

 

Referências Bibliográficas

 

Campos, M. T. G. Leme, F. O. P.; ESTRESSE OXIDATIVO: FISIOPATOGENIA E DIAGNÓSTICO LABORATORIAL; UBVET; v.12, n.1, a10, p.1-8, Jan., 2018.

 

Silva, A. A. Gonçalves, R. C.; ESPÉCIES REATIVAS DO OXIGÊNIO E AS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM GRANDES ANIMAIS; Ciência Rural, v.40, n.4 Ciência Rural, v.40, n.4, p.994-1002, abr, 2010.

 

Babosa, K. B. F. Costa, N. M. B. Alfenas, R. S. C. Paula, S, O. Minim, V. P. R. Bressan, J.; ESTRESSE OXIDATIVO: CONCEITO, IMPLICAÇÕES E FATORES MODULATÓRIOS; Revista de Nutrição, Campinas, 23(4):629- 643, jul./ago., 2010.

 

Santos, R.; ANTIOXIDANTES? CONHEÇA OS 18 ALIMENTOS QUE NÃO PODEM FALTAR NA SUA MESA!; https://todasaudavel.com.br/18-alimentosantioxidantes/; Acessado dia 24/12/2020.

 

Vieira, L. M, Azevedo, S. C. M. Da SILVA, G. F. Albuquerque, P. M.; ESTUDO DO POTENCIAL ANTIOXIDANTE DA POLPA DO TUCUMÃ (Astrocaryum aculeatum) IN NATURA ARMAZENADA EM EMBALAGENS A VÁCUO; The Journal of Engineering and Exact Sciences – JCEC, Vol. 03 N. 04,0672-0677, 2017.

 

Rodrigues, J. Saba, S. Joussef, A. C. Jamal Rafique, J. Braga, A. L.; KIO3-CATALYZED C(SP2)-H BOND SELENYLATION/SULFENYLATION OF (HETERO)ARENES: SYNTHESIS OF CHALCOGENATED (HETERO)ARENES AND THEIR EVALUATION FOR ANTI-ALZHEIMER ACTIVITY; Asian J. Org. Chem. 7, 1819–1824, 2018.

 

Rafique, J. Saba, S. Franco, M. S. Bettanin, L. Schneider, A. R. Silva, L. T. Braga, A. L.; Direct, METAL-FREE C(SP2)-H CHALCOGENATION OF INDOLES AND IMIDAZOPYRIDINES WITH DICHALCOGENIDES CATALYSED BY KIO3; Chem. Eur. J. 24, 4173 – 4180, 2018.

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Twitter