Facebook Twitter Instagram YouTube

Lágrima (V.2, N.3, P.1, 2019)

Tempo de leitura: 2 minutos
#acessibilidade Personagem Ash de Pokémon derramando uma lágrima por seu olho direito, oculto pela aba do boné e a sombra feita por ela.

O que é o que é? Clara e salgada, cabe em um olho e pesa uma tonelada?

Mano Brown

O ato de chorar ou derramar lágrimas pode ter origem em fortes emoções como medo, tristeza, dor ou alegria, mas, além de irmã do desespero e rival da esperança, o que é a lágrima?

Existem três tipos de lágrimas, em geral formadas por água, sais minerais, como sódio e potássio, gordura e componentes antibacterianos, como a lisozima.

Posicionada logo acima do olho, a glândula lacrimal produz um líquido chamado de fluído lacrimal. Esse fluído passa por dutos excretores e chega ao espaço entre o globo ocular e a pálpebra. Quando piscamos, ele se espalha pela superfície do olho e é responsável por mantê-lo limpo, hidratado e lubrificado. A este líquido é dado o nome de lágrima basal.

Esse líquido é sugado pelos pontos lacrimais e segue por canalículos até chegar ao saco lacrimal, estrutura ligada ao nariz. Posteriormente ele vai pelo canal lácrimo-nasal até a cavidade nasal. Em momentos de forte emoção, um neurotransmissor ativa receptores que estimulam a produção de mais fluído lacrimal. Quando a produção ultrapassa a vazão do saco lacrimal, forma-se a lágrima emocional.

800px Sistema lacrimal - Lágrima (V.2, N.3, P.1, 2019)

Fonte da imagem: [CC BY-SA 2.5], via Wikimedia Commons

#acessibilidade Representação de um olho direito humano. De um lado, logo acima está a glândula lacrimal, representada por uma forma irregular pintada de cinza, do outro está o saco lacrimal, um espaço representado na cor rosa, seguido do canal lácrimo-nasal logo abaixo. Os canalículos superior e inferior são dutos que ligam o saco lacrimal ao olho através do ponto lacrimal superior e inferior, respectivamente.

Além das emoções, outras coisas também podem estimular a produção de fluído lacrimal, como o contato com poluição ou algum corpo ou substância estranha, caso do ácido sulfínico liberado ao cortar uma cebola. Esse tipo recebe o nome de lágrima reflexa.

Fontes:

Fonte da imagem destacada: Internet.

https://en.wikipedia.org/wiki/Tears

Enzyme That Makes You Cry–Crystal Structure of Lachrymatory Factor Synthase from Allium cepa
Josie A. Silvaroli, Matthew J. Pleshinger, Surajit Banerjee, Philip D. Kiser, and Marcin Golczak
ACS Chemical Biology 2017 12 (9), 2296-2304
DOI: 10.1021/acschembio.7b00336

Link da música Jesus Chorou do Racionais MC’s no Spotify

Para saber mais:

https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/artigos/a-lagrima/

Outros divulgadores:

Vídeo “Por que saem lágrimas dos nossos olhos?” da série Ciência Explica do canal ClickCiência UFSCar

Vídeo “La ciencia del llanto” do canal Proyecto G

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado. Obrigatório *