Facebook Twitter Instagram YouTube

Ciência POP #5 (V.3, N.4, P.8, 2020)

Tempo de leitura: 4 minutos
#acessibilidade Foto de uma esfera cinza com vários números um e zero pretos em sua superfície e outros brancos sobrepostos à imagem.

Continuando nossa série de posts onde listamos semanalmente cinco filmes, séries, animações ou outras obras que tenham cientistas como seus personagens principais ou que tenham como tema principal a ciência, bem-vindo(a) ao Ciência POP #5!

Este texto não contém spoilers

2001 – Uma Odisseia no Espaço / 2001: A Space Odyssey (1968) – 2 horas e 22 minutos

Um dos maiores clássicos de ficção científica, responsável por influenciar todo um gênero, este filme de Stanley Kubrick é obrigatório. Baseado em um conto de Arthur C. Clarke, o filme é dividido em quatro partes. Na primeira delas vemos nossos ancestrais aprendendo a usar ferramentas e encontrando um monólito preto desconhecido. Na segunda uma nave espacial leva um cientista até uma base Lunar para investigar um monólito preto enterrado lá há milhões de anos e, enquanto isso, faz uma videoconferência com sua filha (lembre-se que o filme foi feito em 1968). Na terceira parte, certamente a mais lembrada, um grupo de astronautas vai a Júpiter para investigar um objeto junto do computador HAL 9000, uma inteligência artificial avançadíssima e responsável pelo controle da nave. A última parte você descobre vendo o filme. 2001 – Uma Odisseia no Espaço foi indicado ao Oscar de Melhor Diretor, Melhor Direção de Arte, Melhor Roteiro Original e Melhores Efeitos Visuais (tendo vencido este último). Os efeitos foram tão revolucionários que até hoje existem pessoas que pensam que o pouso na Lua foi na verdade uma encenação dirigida por Kubrick. Você pode assisti-lo no Telecine Play ou comprá-lo ou alugá-lo no YouTube ou Google Play, mas não garanto que vá entender o final.

O Mundo de Beakman / Beakman’s World (1992) – 91 episódios com  25 minutos cada

Se você era criança nos anos 90 certamente se lembra deste programa. Nele o professor Beakman, um cientista meio excêntrico e descabelado interpretado por Paul Zaloom, ensinava ciências aos telespectadores de uma forma didática e bem humorada junto de sua assistente e do rato Lester. Por meio de cartas (reais ou inventadas pela produção), um tema era definido e Beakman faria experimentos e demonstrações para responder às perguntas das cartas. Quer saber sobre o método científico? Sobre a rotação da Terra? Sobre vírus? Você pode aprender sobre tudo isso no Mundo de Beakman!

Spore (2008) – Windows/Mac OS

Spore é um jogo distribuído pela EA, tendo Will Wright como principal criador (o mesmo de The Sims e SimCity). Nele você passa por cinco estágios, evoluindo entre cada um deles. Começando como uma célula, você precisa se alimentar no fundo do oceano, evoluir para uma criatura e finalmente sair da água. Então você controlará uma tribo da sua espécie e precisará dominar todas as outras, depois uma civilização e, finalmente, a conquista espacial, sendo possível até mesmo encontrar o planeta Terra. Você é livre para modificar sua espécie como quiser de acordo com as opções do jogo, então use sua criatividade ao máximo. Spore pode ser comprado pelo site oficial ou pela Steam.

Planetes (2003) – 26 episódios de 24 minutos

O ano é 2075 e a viagem espacial é uma realidade. No entanto, anos de missões espaciais deixaram a órbita da Terra cheia de lixo espacial: tanques de combustível deixados para trás, satélites artificiais abandonados, etc. Todo esse lixo poderia causar acidentes em novas viagens, se não fosse pelos protagonistas, astronautas a bordo de uma estação espacial. O trabalho deles é justamente retirar o lixo espacial, mas além disso o futuro os reserva grandes aventuras, como dar uma voltinha em Júpiter.

O jogo da imitação / The Imitation Game (2015) – 1 hora e 54 minutos

Filme inspirado na vida do famoso cientista Alan Turing, ateu, homossexual e pai da ciência da computação (1912-1954), falecido após uma castração química, pois sua orientação sexual era considerada crime na Inglaterra na época. Indicado a oito Oscars, dentre eles o de melhor ator para Benedict Cumberbatch, venceu o de Melhor roteiro adaptado. Turing foi o principal responsável por quebrar a criptografia da Enigma, espécie de máquina de escrever de forma cifrada usada pelos nazistas para trocarem mensagens entre vi sem que elas fossem interceptadas. Estima-se que ao decifrar as mensagens Turing tenha encurtado a Segunda Guerra e salvado milhares de vidas, ainda assim somente em 2009 o primeiro-ministro do Reino Unido pediu desculpas formais em nome do governo pelo que fizeram com ele. O jogo da imitação está disponível para compra e aluguel no YouTube ou Google Play.

E você, conhece algum que não está nesta lista? Indica pra gente nos comentários!

Fontes:

Fonte da imagem destacada: Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Compartilhe:

1 comentário em “Ciência POP #5 (V.3, N.4, P.8, 2020)

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado. Obrigatório *