Categoria: V.3. N.6 2020

0

A Terapia Fotodinâmica utilizada no combate ao câncer (V.3, N.6, P.17, 2020)

A Terapia Fotodinâmica, em inglês Photodynamic Therapy ou PDT, se dá a partir de uma reação bioquímica associada a uma substância fotossensibilizante, uma fonte de luz e oxigênio. No tratamento de câncer, a terapia é utilizada de modo a se destruir células tumorais. Na UFABC, a Profa. Dra. Paula Homem de Mello lidera um grupo de pesquisa de Físico-Química com foco na Terapia Fotodinâmica.

0

Pílulas de Sanidade #4 (V.3, N.6, P.16, 2020)

Cada Pílula de Sanidade contém uma mensagem com dicas e recomendações que podem contribuir para o seu bem estar e da população em geral no contexto de pandemia da Covid-19. A Pílula #4 ressalta a importância de se proteger e fornecer ajuda no panorama atual. Esta ação faz parte da ação de divulgação científica do Neurocast, o podcast de Neurociência feito por alunos da UFABC cujo objetivo é divulgar a área de uma forma dinâmica e divertida.

0

|Minidoc| O caso da Batalha da Matrix – a Covid-19 e a nova dinâmica frente à pandemia (V.3, N.6, P.15, 2020)

O minidocumentário elaborado na disciplina “Movimentos Sociais, Sindicais e Culturais” por alunos da UFABC apresenta a Batalha da Matrix, batalha de rimas realizada semanalmente no centro de São Bernardo do Campo. Trata do uso do espaço central da cidade por jovens oriundos da periferia e dos impactos provocados pela Covid-19. Traz também a importância de movimentos culturais no diálogo com temas complexos e de importância para a sociedade.

0

|NASA| #3 – Como divulgar ciência aos não cientistas? (V.3, N.6, P.14, 2020)

Gabe Gabrielle destaca que os termos científicos por si só não são capazes de levar a Ciência à população e indica a necessidade de uma linguagem capaz de preencher as lacunas existentes entre cientistas e não cientistas. Ressalta também o importante papel de mulheres na ciência como modelos para as jovens gerações de futuras cientistas.

0

Eugenia e a raiz histórica da beleza branca (V.3, N.6, P.13, 2020)

Em 2019, pela primeira vez nos 67 anos de história do concurso, a Miss Universo foi uma mulher negra. Zozibini Tunzi fez história e ajudou parte do mundo a perceber que a beleza negra sempre existiu, só fora apagada. Por mais que seja importante valorizar o tardio reconhecimento da beleza negra, precisamos reconhecer também como a origem de tais concursos se deu no cerne da eugenia. O Guia dos Entusiastas da Ciência possui ISSN próprio e este texto nos foi gentilmente cedido para publicação.

Twitter