Categoria: V.2 N.5 2019

0

Roupas cibernéticas: da ficção científica à realidade (V.2, N.5, P.1, 2019)

“O céu sobre o porto tinha a cor de televisão sintonizada num canal fora do ar” – Com essa frase William Gibson inaugurou seu livro que consolidou o caminho para a cultura cyberpunk no inicio dos anos 80, no romance Neuromancer. O assunto já era recorrente em seus contos anteriores ao livro, onde, inclusive, ele já havia criado algumas das personagens principais da obra, como a ciborgue miliciana Molly Millions. Gibson não criou apenas ficção científica distópica ao enunciar um futuro da humanidade baseado em alta tecnologia e baixa qualidade de vida. Ele elaborou um prelúdio do avanço de nossa civilização que vêm se tornando cada vez mais profético com o passar dos anos.