Categoria: Textos

0

Sobre outros olhares para a divulgação científica (V.3, N.7, P.17, 2020)

Um dos maiores desafios para democratizar o conhecimento das ciências é substituir verdades dogmáticas por hipóteses transitórias. A Teoria da Evolução possui aspectos inaceitáveis para uma parcela significativa da sociedade e provoca discussões acaloradas sobre a ausência de uma inteligência transcendental. Nos últimos 50 anos, diversos cientistas se dedicaram a levar os fundamentos da Evolução para fora do ambiente acadêmico, dentre eles se destacam dois grandes divulgadores científicos: Dawkins e Gold.

0

|Série Covid-19 e impressoras 3D| #2 – A bioimpressão e o combate à COVID-19 (V.3, N.7, P.16, 2020)

Você sabe o que é a Bioimpressão 3D? Sabia que ela pode ajudar a salvar vidas através dos mecanismos de reprodução de ambientes similares aos tecidos encontrados em nossos corpos, regenerando estas regiões que estejam lesionadas? A bioimpressão vem para quebrar o paradigma de que o conhecimento produzido pela pesquisa básica não é bem aproveitado para fins práticos ou de forma pouco promissora.

0

Os cupins e as cidades brasileiras: viver em sociedade é vantajoso? (V.3, N.7, P.15, 2020)

Um cupinzeiro concentra milhares de cupins operários e soldados, bem como uma cidade aglomera milhares de pessoas. Uma resposta para o porquê desta organização social em comum pode ser a energia. O pesquisador venezuelano Klaus Jaffe indica que quanto mais indivíduos em uma cidade ou em uma colônia de insetos, mais eficiente é o consumo energético. Em outros termos, quanto maior o grupo social, menor será o consumo de energia por habitante.

0

René Descartes, alucinações oníricas e o Método Científico (V.3, N.7, P.13, 2020)

René Descartes, filósofo francês, foi o responsável pelo desenvolvimento do Método Científico e publicou uma série de estudos em Óptica, Meteorologia e Geometria. Aos 23 anos, em uma viagem pela Europa, teve três sonhos que marcaram a sua vida: o primeiro foi um pesadelo, o segundo um sonho com trovões e o terceiro foi um sonho transformador.

0

Kathleen Mary Drew-Baker, a “Mãe do Mar” (V.3, N.7, P.8, 2020)

Grande parte das algas não são plantas, a ficologia é a disciplina de Ciências Biológicas dedicada a estudar estes seres vivos. Kathleen Mary Drew-Baker, cientista britânica, é considerada uma das mais importantes ficólogas da história. A partir do seu trabalho com o ciclo de vida de algas do gênero Porphyria, algas cultivadas para consumo no Japão, ela se tornou conhecida pelos japoneses como a “Mãe do Mar”.

Twitter