|Podcast| Como o estresse durante o isolamento afeta nossa memória? (V.3, N.6, P.2, 2020)

Tempo estimado de leitura: 2 minuto(s)

Neste episódio da ação sobre Saúde Mental em tempos de pandemia e isolamento social, do projeto Neurocast, a graduanda Katarina Fernandes conta com a presença das neurocientistas docentes da UFABC, Dra Raquel Fornari e Dra Teresa Carthery para uma conversa sobre os impactos da quarentena na memória.

 

 

Durante a conversa, são discutidos aspectos como a alteração da capacidade de memorização, retenção de informações e como o isolamento afeta significativamente a nossa memória através da ansiedade e o elevado nível de estresse devido ao isolamento social, opondo-se à sociabilidade tão presente em nossa cultura. Ao mesmo passo, apresentam-se fatores agravantes, como o medo por conta da pandemia e a contaminação, incertezas sobre questões políticas e financeiras que cercam nossas mentes a todos os momentos.

 

Conversam também sobre o que acontece em nosso sistema nervoso simpático, ao liberar adrenalina em situações de estresse , enquanto o eixo HPA (Hipotálamo-hipófise -Adrenal) libera cortisol principalmente em situações de prolongamento do estresse, como o que estamos passando, atuando também no cérebro e influenciando em processos como a memória e humor, comprometendo o aprendizado e absorção de novos conteúdos, bem como no foco para a realização das tarefas diárias.

 

Outro ponto abordado refere-se à ideia de manter-se a mesma rotina que antes era realizada, mas em casa, pois agora existem inúmeros fatores que comprometem a realização das tarefas rotineiras, mas as cobranças para que os mesmos níveis de produtividade antes da quarentena sejam mantidos podem desencadear também processos de estresse e ansiedade em todos que estão submetidos ao isolamento.

Related Post

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *