Nanopartículas doadoras de NO (V.1, N.6, P.4, 2018)

Tempo estimado de leitura: 2 minuto(s)

Nanopartículas são partículas em escala nanométrica, para entender melhor o que é essa escala, observe a imagem:

Diversas substâncias, seres vivos e partículas são encontradas na escala nanométrica, acontece que propriedades de algumas substâncias mudam nessa escala comparada a escala macroscópica, a escala em que vivemos. Diversos materiais e partículas são produzidas na escala nano justamente pelo fato de terem suas propriedades alteradas, um exemplo claro é a prata, em escala macroscópica ela é um metal usado na produção de joias, já em escala nano as nanopartículas de prata possuem atividade antimicrobiana.

Em segundo plano, diversas moléculas agem em processos biológicos de diversos organismos, inclusive seres humanos, entre elas está o óxido nítrico (NO) que desempenham função vitais na manutenção dos seres humanos; algumas das as funções desempenhadas pelo NO são a “vasodilatação, a modulação da neurotransmissão, a toxicidade mediada pelos macrófagos, a inibição da agregação plaquetária e a cicatrização cutânea. Além disso, o NO é um importante mediador de diversas funções homeostáticas na pele humana, controlando o fluxo sanguíneo dérmico, promovendo a cicatrização de feridas, controlando pigmentação da pele e protegendo-a contra agentes patogênicos.”

Assim, a procura por nanopartículas que fazem a liberação de NO são constantes devido as funções que tal molécula pode desempenhar. É por esse motivo que a Professora Dr Amedea Barozzi Seabra foi condecorada pelo prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia com o título de “Preparação, caracterização e aplicação de nanopartículas doadoras de óxido nítrico”  na categoria de pesquisador sênior.

No podcast a seguir falamos um pouco sobre o prêmio, as nanopartículas, doadores de NO e divulgação científica.

Related Post

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *