Objetivos: Definir atribuições e competências de um tutor na EaD e a sua relevância para o bom andamento de um curso desta modalidade de ensino. Discutir a comunicação virtual.

Resumo: Na aula de hoje, são apresentadas as definições e as principais características que um tutor deve ter, em três dimensões: técnica, gerencial e pedagógica. Por fim, aprofundar-se um pouco mais na EaD, discutindo a comunicação virtual.

Atividades: Atividade 4Atividade 5


2.1 TUTORIA NA EAD: PAPÉIS E COMPETÊNCIAS

A EaD traz algumas mudanças necessárias nos papéis tradicionais dos atores envolvidos, o que requer um preparo especial do tutor,  profissional essencial neste processo educacional. Sendo assim, o tutor tem sido objeto de estudo de pesquisas e, de acordo com algumas concepções pedagógicas do curso ao qual este profissional está inserido, recebe diferentes denominações, tais como orientador, professor, facilitador da aprendizagem, tutor orientador, tutor professor e até mesmo animador de rede (BERNARDINO, 2011). Assim, fica evidente a relevância de conhecer os papéis, as competências e a importância da atuação de um tutor no processo de ensino-aprendizagem.

Em EaD o tutor desempenha papel protagonista na ação educativa, é aquele que permite e media a construção coletiva do conhecimento, ele deve garantir a qualidade da comunicação entre alunos e professores, de forma síncrona ou assíncrona, presencial ou a distância, o tutor é que deve acompanhar e avaliar a aprendizagem dos alunos (MACHADO e MACHADO, 2004).     

De acordo com Ferreira e Rezende (2004) e Bernardino (2011), o tutor é quem deve acompanhar, motivar, orientar e estimular a aprendizagem autônoma do aluno, através da utilização de metodologias e meios adequados para facilitar o processo de ensino-aprendizagem. Um bom profissional de tutoria pode ser capaz de promover o pensamento do aluno, além de incentivar e contribuir para a construção do conhecimento. Além disso, o tutor deve ser capaz de lidar com os diferentes perfis de aprendizagem dos alunos e possuir atributos psicológicos e éticos, como a maturidade emocional, empatia com os alunos, habilidade de mediar questões e conflitos, liderança, cordialidade e, especialmente, a capacidade de ouvir.
As atribuições do tutor são inúmeras, porém além de possuir um caráter de educador, estabelecido por boa parte dos cursos de EaD, deve-se refletir sobre algumas competências necessárias a esses atores, em três dimensões: técnica, gerenciaL e pedagógica, elas são detalhadas na Figura 1.

Competências do Tutor

Figura 1: Competências do Tutor

SOBRE O TUTOR NA ATUALIDADE

 De acordo com Bernardino (2011), as exigências e a formação acadêmica em seleções de tutores devem ser requisitos básicos. Porém, um direcionamento ideal de seu currículo, para uma possível seleção de tutores, ainda não está exatamente caracterizado e definido. Por isso, muitas vezes, algumas atribuições e requisitos ficam a critério da própria instituição de ensino.

Atualmente, o mercado nacional possui cerca de 40 mil tutores para quase 3 milhões de alunos da EaD (SILVA, 2013). Hoje, no meio educacional, não há mais dúvidas que a presença ativa do tutor no ambiente virtual de aprendizagem em um curso da EaD seja o principal diferenciador, pois é este ator que permite que o aluno não se sinta perdido e abandonado. Sem essa presença atuante, abrem-se lacunas para que alunos apáticos não levem adiante o processo de aprendizagem diferenciado.


2.2 COMUNICAÇÃO VIRTUAL

A EaD se dá no âmbito virtual, por se referir a diferentes formas de educação que pretendem promover o conhecimento entre pessoas que se encontram distantes fisicamente. Nesse sentido, o que conecta essas pessoas é a comunicação virtual. Com essas novas relações, os conceitos mudam e surgem novas definições de interação e espaço.

Segundo Moran (2002), este é um momento de transição na EAD, pois embora ainda predominem as interações virtuais frias (questionário, e-mail) e poucas interações online (ferramentas síncronas), já se inicia um processo no qual é possível sair do modelo tradicional de interações individuais e ir para os coletivos (interações coletivas). No entanto, apesar disso muitos problemas podem ocorrer em decorrência da comunicação virtual, pois segundo Abreu-e-Lima e Alves (2011) apenas 7% “de toda comunicação é realizada por elementos verbais”, enquanto a prosódia e a linguagem corporal correspondem aos outros 93%.

CONVÍVIO ENTRE TUTORES E ALUNOS

De acordo com Sihler e Ferreira (2011), a afetividade é inerente ao ser humano e, aliada ao desenvolvimento intelectual do indivíduo, é um dos pressupostos para o aluno se sentir motivado a prosseguir seus estudos na modalidade a distância. Em uma sala de aula virtual, o aluno precisa sentir que não está sozinho e que pode contar com o apoio dos professores e colegas.

Quando o curso não corresponde às expectativas depositadas pelo estudante, ele se sente frustrado e com baixa autoestima em relação à sua capacidade intelectual e de comunicação o que pode levar ele a deixar o curso. Para vencer essas dificuldades, o tutor deve realizar uma mediação eficiente em fóruns de discussões e chats, estimular a abertura para compartilhamento de ideias e a presença virtual constante, garantindo assim que a afetividade esteja presente nos cursos virtuais.

NETIQUETAS

Com o intuito diminuir a distância na EaD, alguns cursos adotam regras e recursos para auxiliar na interação e no bom convívio entre alunos e tutores.  Essas regras são conhecidas como as Netiquetas, que podem utilizar diversos recursos, tais como as respostas dos tutores a perguntas dos alunos e os ícones que representam emoções (emoticons - emoção + ícone). As 10 Netiquetas (SHEA, 2011) básicas são:

Netiquetas 

Figura 2: Netiquetas

Além do uso das Netiquetas, para promover uma boa comunicação virtual é preciso ter bom senso para se adequar ao contexto (Abreu-e-Lima e Alves, 2011) . É importante cuidar da coerência textual, correção ortográfica, clareza e objetividade no conteúdo.

Quando se trata da EaD, um dos recursos bastante discutidos é o retorno (feedback), pois este é uma forma do tutor fazer a mediação entre o aluno e o conteúdo. Existem vários modelos de feedback. Aqui serão tratados dois: escala de feedback e o feedback sanduíche.

Tipos de Feedback

Figura 3: Tipos de Feedback

Independente do modelo adotado, é fundamental que o aluno de EaD seja ouvido, amparado e motivado pelo tutor a participar do processo de ensino-aprendizagem virtual (ABREU-E-LIMA e ALVES, 2011).

As instituições de ensino superior que utilizam EaD devem estar conectadas com as leis que regulamentam a educação e com as discussões que permeiam a educação de forma geral. Assim, serão discutidos a seguir alguns dos parâmetros que se relacionam com a educação superior e o que se espera da educação do futuro.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  1. BERNARDINO, H. S. A Tutoria na EAD: Os Papéis, as Competências e a Relevância do Tutor. Revista Paidéi@, UNIMES VIRTUAL, Volume 2, número 4, Julho. 2011. Disponível em: http://goo.gl/fy6ED0 . Acesso em 15 de Mai. 2014.
  2. FERREIRA, M.M.S. e REZENDE. R.S.R. O trabalho de tutoria assumido pelo Programa de Educação a Distância da Universidade de Uberaba: um relato de experiência. 2003.  Disponível em: http://goo.gl/ZMS6TD . Acesso em 15 de Mai. 2014.
    MACHADO, L. D. e MACHADO, E. C. O Papel da Tutoria em Ambientes EaD. Congresso ABED. Abril/ 2004. Disponível em: http://goo.gl/EjvTGS. Acesso em 15 de Mai. 2014.
  3. SILVA, L. M. Mercado aquecido para a profissão de tutor online. Disponível em: http://goo.gl/ZsZm10 . Acesso em 15 de Mai. 2014.
  4. ABREU-E-LIMA, D. M e ALVES, M. N. O feedback e sua importância no processo de tutoria a distância. Proposições,  Campinas,  v. 22,  n. 2, Ag.  2011.   Disponível em:  http://goo.gl/pD52oW . Acesso em 15 de Mai. 2014.
  5. MORAN, M. J. O que é Educação a Distância?. 2002. Disponível em:  Acesso em 15 de Mai. 2014.
  6. SHEA, V. The Core Rules of Netiquette. Disponível em: http://www.albion.com/netiquette/corerules.html. Acesso em 15 de Mai. 2014. (Tradução Livre)
  7. SIHLER, A. P. e FERREIRA, S. M. B. A afetividade mediada por meio da interação na modalidade a distância como fator preponderante para a diminuição da evasão. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2011/cd/116.pdf>. Acesso em 15 de Mai. 2014.

 CRÉDITOS

Autor: BALLAMINUT, N.,  HERRERA, V., TEDRUS, T. R., SANTIAGO, C.  G., Equipe PACC, UAB-UFABC - Santo André, Maio de 2014.
Revisores: FIOROTTI, S., Equipe PACC, UAB-UFABC - Santo André, Maio de 2014


ATIVIDADE 4

Com base no conteúdo da Aula 02, analise o trecho a seguir e o justifique, relacionando-o à importância do tutor na Educação a Distância "(...) a tendência da educação virtual é vir a tornar-se a forma predominante de educação - em especial na educação superior." (HERMIDA e BONFIM, 2006, p.166).

Escreva um texto apresentando a sua análise e justificativas (dedicação: 20 minutos). Acesse o Tidia-Ae e submeta um arquivo (.doc ou .pdf) com a sua resposta como anexo na Atividade 4 (Tidia-Ae > Atividades > Aula 2 - Atividade 4). o seu texto deve conter no mínimo 10 linhas e deve ser digitado conforme a norma ABNT NBR 14724:2011: em cor preta, no formato A4 (21 cm × 29,7 cm); as margens devem ser: esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm; a fonte tamanho 12, preferencialmente Arial ou Times New Roman. 

Para esta atividade será atribuída uma nota de 0 a 10, sendo que os critérios de avaliação são os seguintes: Enviou texto com a quantidade de linhas solicitada, 10 linhas (1.00), Não comete erros de português (1.00), Segue a ABNT para indicar referências e citações (1.00), Indicou, em seu texto, o assunto do texto-estímulo (função tutorial) (1.50), Analisou o trecho indicado (em breve, a EaD tornar-se-á predominante) (1.50), Justificou a relação entre o texto-estímulo e o trecho indicado (2.00), Relacionou o trecho à importância do tutor na EaD (2.00)

Em caso de dúvida, entre em contato com o seu tutor. Bom trabalho e boa sorte!


 ATIVIDADE 5

Considerando o tutor como um mediador, leia a atuação de um tutor, descrita a seguir, e responda se sua atitude foi adequada para a situação. Justifique a sua resposta elaborando um texto (dedicação: 30 minutos).

Mediação do tutor.

Dúvida do aluno: Prezado tutor, li a atividade da Aula 1 e não encontrei a resposta no texto. A atividade é a seguinte: "Após ler o texto da Aula 1, defina o que é Educação a Distância (EaD)".

Resposta do tutor: Prezado aluno, a resposta para esta atividade está logo no início do texto da Aula 1. A definição de EaD é a seguinte: "A Educação a Distância é uma modalidade de ensino que utiliza ferramentas síncronas e assíncronas, com o intuito de construir o conhecimento entre pessoas que estão fisicamente separadas."

Acesse o Tidia-Ae e submeta um arquivo (.doc ou .pdf) com a sua resposta como anexo na Atividade 5 (Tidia-Ae > Atividades > Aula 2 - Atividade 5), o texto com a sua resposta (bem justificada) deve conter no mínimo 20 linhas e deve ser digitado conforme a norma ABNT NBR 14724:2011: em cor preta, no formato A4 (21 cm × 29,7 cm); as margens devem ser: esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm; a fonte tamanho 12, preferencialmente Arial ou Times New Roman.

Para esta atividade será atribuída uma nota de 0 a 10, sendo que os critérios de avaliação são os seguintes: Enviou texto com a quantidade de linhas solicitada, 20 linhas (1.00), Não comete erros de português (1.00), Segue a ABNT para indicar referências e citações (1.00), Elaborou resposta sobre a atitude do tutor (certa ou errada) (2.00), Justificou sua opinião com base no texto-estímulo (função tutorial) (3.00), Não parafraseou os textos estímulos (texto com autoria) (1.00), Foi criativo em sua apresentação e/ou frente às demais apresentações e expectativas (1.00).

Esperamos que aproveite este momento do curso! Bom trabalho!

 Voltar ao início da página

Copyright © Website Title. All right Reserve.
Design by : Author of Website.