Coordenação: Prof. Dra Sílvia Passarelli

Área: Formação,patrimônio e memória

Resumo: Cartografia Cultural do ABC é parte de um programa mais amplo que se propõe implantar um observatório de políticas culturais do ABC.  A Região do ABC é um celeiro de produção cultural com ações fortemente marcadas na área de teatro e música, mas também com registros na área de literatura, dança, artes plásticas e grupos tradicionais (como folia de reis, batuques, etc.) e outras atividades. Em certa etapa do trabalho se propõe a identificar e mapear lugares de cultura e produtores individuais e coletivos, criar formas de qualificar e classificar os produtores e criar mapas temáticos sobre a produção cultural regional. A identificação e mapeamento de lugares de cultura e de produtores culturais será um momento importante para a construção de redes fomentando a produção do ABC e, ao mesmo tempo, orientar políticas públicas de cultura dos órgãos governamentais, da universidade e de outras instituições de fomento à cultura.

Coordenação: Ana Carolina Quirino Simões

Área: Música

Resumo: O canto coral promove contato com a música dos mais diversos gêneros, servindo como um difusor  de  cultura.  Desenvolve  aprendizagem musical,  consciência auditva, respiratória, inteligência  vocal  e prática  de  interpetação,  melhorando  ainda  a dicção e impostação  da voz. Estudos  científicos recentes  de  neurociência  mostram  que  os  indvíduos  que  tiveram treinamento  musical  possuem  um  efeito  positvo  no  desenvolimento  do  cérebro,  que contribui  para  um melhor  desempenho  acadêmico.  O projeto  visa  a criação  de  um  coral institucional da Universidade Federal do ABC.

Coordenação: Prof. Dr. Caetano Miranda

Área: Artes cênicas, visuais e do corpo

Resumo: A presente proposta visa oferecer a experimentação da Capoeira Angola e a Disseminação e Manutenção das Tradições, Fundamentos e Valores desta Manifestação Cultural de Raiz Banto e Afro Brasileira por parte dos Docentes e Discentes e Comunidade Externa. Possibilitar o contato, convivência e apropriação das tradições, fundamentos e tradições da Capoeira Angola à população Docente, Discente, Pesquisadores, Estudiosos e Frequentadores da UFABC, fortalecendo a valorização desta Cultura Brasileira. Curso Regular de Capoeira Angola; Aulas de Movimentação; Aulas de Ritmo e Instrumentação; Rodas de Conversa e Discussão; Contato com Mestres Antigos e Griôs da Cultura Popular; Rodas; Grupos de Estudo e Pesquisa.

Coordenação: Prof. Dr. Andrea Paula dos Santos

Área: Artes cênicas, visuais e do corpo

Resumo: O projeto propõe continuar a realização de Dança Circular na UFABC e é voltado ao publico interno e externo, a fim de promover o aprendizado da linguagem e da história da dança contemporânea e suas interfaces com a área de arteterapia e com movimentos culturais. O projeto, que vem sendo desenvolvido desde 2013, propõe continuar a realização de Dança Circular na UFABC semanalmente, num grupo regular, e em oficinas periódicas. É voltado ao publico interno e externo, a fim de promover o aprendizado da linguagem e da história da dança contemporânea e suas interfaces com a área de arteterapia e com movimentos culturais. 

As oficinas e atividades semanais do Projeto Dança Circular UFABC foram registradas e seu material didático disponibilizado na internet, sendo que o projeto se justifica pelo fato de contar com milhares de acessos, perguntas e procura da comunidade acadêmica e externa demonstrando interesse em participar das atividades educativas, culturais e artísticas de Dança Circular na UFABC.

Mais informações: https://dancacircularufabc.wordpress.com/

Toda a comunidade está convidada a conhecer e a participar das nossas rodas de danças circulares no Campus Santo André e no Campus São Bernardo da Universidade Federal do ABC!

 

Coordenação: Prof. Dra. Neusa Serra

Área: Formação,patrimônio e memória

Resumo: Realização de um encontro sobre economia solidária da cultura praticada na cidade de São Paulo e no Grande ABC, no qual serão discutidas e problematizadas a sua natureza, dimensão e potencial de geração de emprego e renda, além do resgate do exercício da cidadania cultural. O evento será constituído de mesa redonda de discussão sobre o tema pela manhã e apresentações de trabalhos à tarde. Durante todo o dia ocorrerão exposições e apresentações de produtos culturais solidários. O objetivo geral do evento é refletir sobre conceitos, contextos e experiências de economia solidária da cultura em São Paulo e na região do ABC, visando a acumular conhecimentos e experiências e a fazer da UFABC um lugar de referência para o debate público e construção de políticas na área. Observa-se que, embora a economia criativa esteja na ordem do dia, as suas reflexões ainda se encontram em fase inicial. Por outro lado, multiplicam-se ações, grupos, instituições e redes que atuam neste novo paradigma, havendo grande interesse na formação de conhecimentos e troca de experiência neste campo.

Coordenação: Prof. Dr. Mário Gazziro

Área: Artes cênicas, visuais e do corpo

Resumo: A proposta do Inner Universe visa proporcionar a vivência como uma forma de reflexão sobre como nossas emoções transparecem em nosso semblante, utilizando para isso a instalação de uma obra de arte eletrônica. Por meio da atividade lúdica, a obra busca desconstruir modelos fotográficos e propor um olhar mais atento aos sentimentos, que estão além das aparências, e os quais expressamos através da nossa emotividade. O projeto é dividido em duas partes fisicamente distintas: a apresentação dos estímulos por meio de um projetor e a captação dos estados emocionais com o uso de um capacete eletrônico. Essas duas partes são interligadas por um computador de controle, executando o software Isadora associado à plugins desenvolvidos para o projeto, os quais realizam os efeitos artísticos em tempo real no vídeo, com base na entrada de dados fornecida pelo capacete cerebral.

Coordenação: Prof. Dr. José Javier S. Acuña

Área: Artes cênicas, visuais e do corpo

Resumo: A proposta visa ensinar técnicas do condicionamento corporal à comunidade universitária, orientando o aprendido às artes cênicas. A oficina já acontece desde maio de 2013. O projeto visa manter a oficina que, atualmente, leva a prática de destrezas motrizes aplicadas aos malabares à comunidade universitária, e externa, com 3, 4 e 5 bolinhas, 3 e 4 claves, passes entre dois malabaristas, e equilíbrio sobre monociclo, equilíbrio com bastão, equilíbrio com diabolô, equilíbrio sobre corda bamba, e equilíbrio (fitas coloridas).

Coordenação: Prof. Dr. Maria Beatriz Fagundes

Área: Música

Resumo: O projeto "Toque Me UFABC" tem como objetivo oferecer à comunidade que frequenta a UFABC uma oportunidade de vivenciar a música no seu cotidiano (como artista e/ou espectador).Com a inserção de um piano aberto em um espaço comunitário universitário pretende-se incentivar diferentes formas de expressão artística e diálogo, bem como a troca de saberes e culturas. A intenção é de que esse diálogo também ocorra com segmentos externos à UFABC por meio de realização de aulas e recitais. Despertar e fomentar o interesse pelo conhecimento e pela prática da música; promover e difundir manifestações artísticas e culturais (ensaios, recitais, aulas abertas); valorizar os espaços públicos da universidade como espaços de diálogo e de respeito à diversidade; incentivar a formação de fóruns de trocas de experiências e debates sobre ciência, sociedade e cultura.

Coordenação: Prof. Dr. José Javier S. Acuña

Área: Audiovisual

Resumo: Foi montado um Projeto Piloto e a Web-Rádio dos estudantes é aberta à comunidade. As coisas positivas que podem acontecer com uma web-rádio (aberta) transmitindo diariamente e bem trabalhadas são inúmeras. Apenas como exemplos, a difusão de eventos culturais, de eventos dos órgãos da UFABC, dos estudantes de forma independente, ou problemas públicos (vinculados preferencialmente à comunidade da UFABC) que muitas vezes aparecem à luz aqui nas redes sociais poderiam ser aprofundando nos programas. Interligar a comunidade Externa-UFABC através da comunicação via internet, etc. A transmissão constante, número de audiência, agendamento da comunidade dos horários livres de transmissão, são registrados e isso serve de indicativo do crescimento da web-rádio.