Facebook Twitter Instagram YouTube

Ciência POP #9 (V.3, N.5, P.5, 2020)

Tempo de leitura: 3 minutos
#acessibilidade Foto do rosto de um gorila-das-montanhas no Parque Nacional de Virunga. À direita existem folhas desfocadas e à esquerda, um pouco mais distante, o gorila olha em direção à câmera.

Continuando nossa série de posts onde listamos semanalmente cinco filmes, séries, animações ou outras obras que tenham cientistas como seus personagens principais ou que tenham como tema principal a ciência, bem-vindo(a) ao Ciência POP #9!

Este texto não contém spoilers

Vida / Life (2017) – 1 hora e 34 minutos

A bordo da Estação Espacial Internacional (EEI) um grupo de astronautas analisa vestígios de vida em uma sonda vinda de Marte. Possivelmente em estado dormente devido à falta de ar respirável em Marte, o organismo extraterrestre batizado como Calvin desperta na Estação e é cuidado pelo biólogo da equipe. Após um acontecimento, Calvin se torna hostil e agora lutará para sobreviver e se alimentar. Vida conta com a participação de Jake Gyllenhaal interpretando o Dr. David Jordan, Ryan Reynolds interpretando o engenheiro Rory Adams e Rebecca Ferguson interpretando a Dra. Miranda North. Você pode assisti-lo na Netflix ou comprá-lo ou alugá-lo no YouTube ou Google Play.

Science Kombat (2016) – PC

Jogo de luta em pixel art criado por brasileiros para a Revista Superinteressante. Nele você pode escolher entre Charles Darwin, Albert Einstein, Stephen Hawking, Marie Curie, Isaac Newton, Pitágoras e Nikola Tesla e enfrentar todos os outros em um torneio. Os golpes dos personagens remetem às descobertas e ao trabalho dos mesmos, como os ataques elétricos de Tesla e os buracos negros utilizados por Hawkings. Você pode jogá-lo neste link.

Gilberto Gil – A Ciência em Si (1997)

A Ciência em Si composta por Gilberto Gil e Arnaldo Antunes faz parte do álbum Quanta do músico baiano. O álbum tem diversas músicas com a ciência como tema e nesta música o conhecimento científico é o foco. Ouça a canção e acompanhe a letra abaixo:

Se toda coincidência
Tende a que se entenda
E toda lenda
Quer chegar aqui
A ciência não se aprende
A ciência apreende
A ciência em si

Se toda estrela cadente
Cai pra fazer sentido
E todo mito
Quer ter carne aqui
A ciência não se ensina
A ciência insemina
A ciência em si

Se o que se pode ver, ouvir, pegar, medir, pesar
Do avião a jato ao jabuti
Desperta o que ainda não, não se pôde pensar
Do sono do eterno ao eterno devir
Como a órbita da terra abraça o vácuo devagar
Para alcançar o que já estava aqui
Se a crença quer se materializar
Tanto quanto a experiência quer se abstrair
A ciência não avança
A ciência alcança
A ciência em si

Tíbio e Perônio (1994)

Tíbio e Perônio são dois personagens do programa infantil Castelo Rá-Tim-Bum, exibido por anos na TV Cultura. Interpretados respectivamente pelos atores Flávio de Souza e Henrique Stroeter, os gêmeos são cientistas que vivem em um laboratório fazendo diversas experiências interessantes, exceto a do voo das borboletas. Em poucos minutos eles explicavam algo de uma forma divertida: como funciona o dia e a noite, o que são micróbios, como funciona a digestão (com participação do temível tatatossauro). Os episódios do Castelo Rá-Tim-Bum estão disponíveis gratuitamente em um canal no YouTube.

Nas montanhas dos gorilas / Gorillas in the Mist (1988) – 2 horas e 9 minutos

Nas montanhas dos gorilas conta a história da Dra. Dian Fossey, zoóloga interpretada por Sigourney Weaver, enquanto pesquisava e buscava preservar os gorilas-das-montanhas (Gorilla beringei beringei) nas Montanhas Virunga. Com seus métodos conseguiu contato com grupos de gorilas que a deixavam se aproximar e até brincar com os filhotes. Seu trabalho atraiu atenção pelo mundo e despertou o ódio de caçadores, que a assassinaram em 1985. Ainda assim seu legado se mantém no Parque Nacional de Virunga onde os gorilas são protegidos, mas ainda não estão a salvo: há algumas semanas doze guardas foram assassinados por grupos armados. Não é apenas no Brasil que quem tenta preservar a natureza pode acabar morto. Você pode comprar ou alugar o filme no YouTube ou Google Play.

E você, conhece algum que não está nesta lista? Indica pra gente nos comentários!

Fontes:

Fonte da imagem destacada: LuAnne Cadd / CC BY-SA

MOREIRA, Ildeu de Castro; MASSARANI, Luisa. (En)canto científico: temas de ciência em letras da música popular brasileira. Hist. cienc. saude-Manguinhos,  Rio de Janeiro ,  v. 13, supl. p. 291-307,  out.  2006 .   Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702006000500018&lng=pt&nrm=iso>. acessos em  16  maio  2020.  https://doi.org/10.1590/S0104-59702006000500018.

https://www.letras.mus.br/gilberto-gil/316674/

Para saber mais:

https://brasil.elpais.com/brasil/2019/04/22/actualidad/1555949227_795204.html

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado. Obrigatório *