Facebook Twitter Instagram YouTube

Ciência POP #10 (V.3, N.5, P.7, 2020)

Tempo de leitura: 3 minutos
#acessibilidade Ilustração que mostra duas pessoas, uma mulher à esquerda e um homem à direita, conectando peças de quebra-cabeça que juntas tem o formato de uma cabeça humana.

Continuando nossa série de posts onde listamos semanalmente cinco filmes, séries, animações ou outras obras que tenham cientistas como seus personagens principais ou que tenham como tema principal a ciência, bem-vindo(a) ao Ciência POP #10!

Este texto não contém spoilers

Melancolia / Melancholia (2011) – 2 horas e 16 minutos

Melancolia não é exatamente um filme sobre ciência ou sobre cientistas, da mesma forma que vários outros desta lista. Apesar de no começo do filme ficarmos sabendo que um planeta fictício chamado Melancolia está possivelmente em rota de colisão com a Terra (apesar das autoridades e de astrônomos garantirem que não haverá colisão), o foco do filme é em duas irmãs: Justine, interpretada por Kirsten Dunst, e Claire, interpretada por Charlotte Gainsbourg. As duas são o motivo da recomendação. A primeira parte do filme, Justine, mostra seu casamento, como ela queria que fosse o momento mais feliz de sua vida, mas simplesmente não consegue ficar feliz. A segunda, Claire, mostra a crescente preocupação dela com a chegada do outro planeta. Este filme de Lars Von Trier retrata muito bem a depressão (DDM) e a ansiedade (TAG). Se você nunca teve contato com elas (ainda bem), essa pode ser sua chance de saber mais a respeito.

O mínimo para viver / To the bone (2017) – 1 hora e 47 minutos

Ellen, interpretada por Lily Collins, acaba de desistir da faculdade e voltar para casa. Além de lidar com o descaso dos pais, ela acaba de sair de um programa para tratar sua anorexia, sem sucesso. Sua madrasta a convence a se internar em outro lugar sob a supervisão do Dr. Beckham, interpretado por Keanu Reeves, então acompanhamos o longo caminho até sua recuperação. O mínimo para viver é uma produção original Netflix.

Colegas (2012) – 1 hora e 34 minutos

Stalone, interpretado por Ariel Goldenberg, Aninha, interpretada por Rita Pokk, e Márcio, interpretado por Breno Viola, são três amigos fãs de cinema que querem realizar seus sonhos: ver o mar, casar e voar, respectivamente. Para realizá-los decidem fugir do local onde vivem e pegar a estrada.  Essa turminha do barulho vai se meter em altas confusões! Uma comédia brasileira repleta de referências que está disponível na Netflix.

Adam (2009) – 1 hora e 39 minutos

Adam Raki, interpretado por Hugh Dancy, é um jovem engenheiro eletricista aficionado por astronomia. Quando criança foi diagnosticado com Síndrome de Asperger, um estado do espectro autista. Como sua mãe faleceu quando ele era jovem e seu pai falece no início do filme, pela primeira vez Adam está sozinho no mundo, com o apoio apenas do velho amigo de seu pai, Harlan Keyes, interpretado por Frankie Faison. Pelo menos até conhecer sua nova vizinha Beth, interpretada por Rose Byrne, que aos poucos se aproxima de Adam.

Temple Grandin (2010) – 1 hora e 49 minutos

Temple Grandin é um filme biográfico que conta a história da mulher que revolucionou as práticas de tratamento animal em fazendas de gado e abatedouros. Temple enxerga a vida de uma forma diferente, vendo padrões onde a maioria das pessoas não vê nada. Interpretada por Claire Danes, desde criança era aficionada por ciências, o que a levou a abrir portas para mundos cada vez maiores. Temple tem mais de 60 artigos científicos publicados e dá palestras e ministra cursos nos EUA e em outros países. Temple tem autismo e é diferente, mas não inferior.

E você, conhece algum que não está nesta lista? Indica pra gente nos comentários!

Fontes:

Fonte da imagem destacada: Fundo vetor criado por rawpixel.com – br.freepik.com

Para saber mais:

Vídeo Melancholia: Depression on Film do canal Nerdwriter1 no YouTube (ative as legendas)

Entrevista de Temple Grandin para a TV Revista Rural no YouTube

Outros divulgadores:

Vídeo Depressão do canal Minutos Psíquicos no YouTube

Vídeo Ansiedade do canal Minutos Psíquicos no YouTube

Vídeo Anorexia e Bulimia do canal Minutos Psíquicos no YouTube

Vídeo Autismo do canal Minutos Psíquicos no YouTube

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado. Obrigatório *