Por que usamos “cloro” (ou água sanitária) para limpar a nossa casa? (V.2, N.12, P.1, 2019)

Facebook Twitter Instagram YouTube

Por que usamos “cloro” (ou água sanitária) para limpar a nossa casa? (V.2, N.12, P.1, 2019)

Tempo de leitura: 4 minutos
#acessibilidade Charge representando a preocupação das bactérias em relação ao cloro. Duas bactérias filhas, aparentemente aflitas, questionam a bactéria progenitora (representada pela bactéria maior, chamada de pai) se o cloro faz mal para elas e ela responde, com semblante impaciente: Mas é cloro que sim!

Texto escrito em colaboração com Diego de Oliveira Rogério, André Luís Pesquero de Melo e Robert Maiory Alarcon Flores

“Vou jogar um cloro para limpar esse chão” – quem nunca ouviu esta frase? Dentre os muitos produtos de limpeza que utilizamos em nosso dia a dia, o tal “cloro”, também conhecido como “água sanitária”, tem praticamente seu lugar garantido na despensa de toda casa. Mas você já parou para se perguntar por que esse produto de limpeza é tão utilizado? E o que é o “cloro” do qual estamos falando, afinal?

O cloro é um elemento químico de símbolo Cl e em sua forma elementar é um gás de cor amarelo-esverdeada (Cl2), muito irritante para nós humanos — tanto que já foi até mesmo usado como arma química em guerras. Você deve estar pensando — e com razão — que não é esse cloro o produto que está no armário da sua casa, certo? Pois bem: o que chamamos usualmente de “cloro” costuma abranger uma série de compostos constituídos pelo elemento cloro, frequentemente combinado a outros elementos que dão características necessárias aos produtos desinfetantes. 

Vamos falar mais sobre esse especificamente no texto, mas não se engane: o elemento cloro encontra-se combinado a diversos compostos que utilizamos no dia a dia, não só para limpar a casa ou tratar nossa água potável – ele pode ser encontrado, por exemplo, no sal de cozinha, combinado com sódio (NaCl), em alguns shampoos, solventes e assim por diante. Assim como todos os elementos químicos, combinações diferentes resultam em compostos muito distintos em forma, aparência e aplicação. Voltemos para nossa estrela principal desse tópico: um produto ou composto é chamado de desinfetante quando possui, principalmente, a capacidade de eliminar bactérias e outros microrganismos.

Os desinfetantes são aplicados em ambientes, tais como paredes, chãos, azulejos e até mesmo roupas. Portanto, diferenciam-se de antibióticos, por exemplo, cuja natureza é combater os microrganismos presentes dentro do corpo. Os desinfetantes são classificados de acordo com o seu princípio ativo, ou seja, o componente da fórmula responsável por eliminar os microrganismos e a escolha de suas utilizações é baseada em alguns fatores, tais como: tempo necessário para ocorrer o processo de desinfecção, segurança para o ambiente e manutenção da superfície onde o produto está sendo aplicado, facilidade de uso e efetividade contra um determinado tipo de microrganismo a ser combatido (alguns microrganismos podem ser mais resistentes a um determinado tipo de princípio ativo do que outros). Para o uso doméstico, dentre os diversos tipos de categorias existentes, destacam-se os desinfetantes que possuem o cloro como princípio ativo.  O “cloro” que usamos para limpeza doméstica na verdade é uma solução aquosa contendo hipoclorito de sódio (também conhecida como água sanitária), cuja fórmula é NaOCl — como esses símbolos indicam, é composto pelos elementos sódio (Na), oxigênio (O) e cloro (Cl). Nessa solução, o íon hipoclorito dissolvido (OCl-) pode se separar ainda em íon cloreto (Cl-) e oxigênio (O), conforme o pH (medida de acidez) do meio e também pode se combinar a um hidrogênio e formar o ácido hipocloroso (HClO) ou, ainda, se recombinar para a formação de cloro elementar (Cl2 — o gás que já falamos lá em cima, lembra?).

Então, a ação desinfetante pode ocorrer de formas diferentes através desses compostos formados na solução, que são capazes de oxidar e/ou modificar estruturas presentes nas membranas (a camada que envolve e protege as células) das bactérias, deteriorá-las e causar a morte desses organismos, seja pelo próprio rompimento da membrana celular, destruição de suas proteínas ou modificação das estruturas de enzimas importantes para a respiração e funcionamento adequado das células. Outros produtos que contêm o elemento cloro em sua composição (gás cloro, dióxido de cloro, hipoclorito de cálcio, etc) também possuem aplicações desinfetantes diversas como limpeza de piscinas, tratamento de águas para abastecimento urbano e processamento de bebidas e alimentos.

Com isto é possível ver a importância do nosso querido elemento químico cloro para a higiene de nossos lares e como ele é um importante agente no combate aos microrganismos que podem contaminar os alimentos, o ambiente e nos trazer problemas de saúde. Este combate diário é praticamente invisível aos nossos olhos e são nestes momentos que a química se torna uma grande aliada para o nosso bem-estar. É sempre importante estar atento às instruções de utilização dos produtos escolhidos para garantir uma boa eficiência nos processos de desinfecção e limpeza.

Fontes:

Fonte da imagem destacada: imagem cedida pelos autores.

Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. Disponível em: <http://michaelis.uol.com.br/busca?id=la29N> Acesso em: 13 out. 2019.

ATKINS, Peter, JONES, Loreta. Princípios de Química – Questionando a Vida Moderna e o Meio Ambiente. 5. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2012.

Venkobachar, C., Iyengar, L., & Prabhakara Rao, A. V. S. Mechanism of Disinfection: Effect of Chlorine on Cell Membrane Functions. Water Research, 11(8), p. 727–729. 1977. 

Ersoy, Z. G., Dinc, O., Cinar, B., Gedik, S. T., & Dimoglo, A. Comparative Evaluation of Disinfection Mechanism of Sodium Hypochlorite, Chlorine Dioxide and Electroactivated Water on Enterococcus Faecalis. LWT, 102, p. 205–213. 2019. 

Water Treatment Solutions <https://www.lenntech.com/processes/disinfection/chemical/disinfectants-chlorine.htm> Acesso em: 13 out. 2019.

Para saber mais:

https://www.cdc.gov/infectioncontrol/guidelines/disinfection/disinfection-methods/chemical.html

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/hipoclorito-sodio.htm

https://www.infoescola.com/quimica/hipoclorito-de-sodio/

Compartilhe:

Responder

Seu endereço de e-mail não será publicado. Obrigatório *