Cansats Contexto Histórico




  O conceito de CanSat foi introduzido em 1998, durante o primeiro University Space Systems Symposium, e consiste basicamente em desenvolver e lançar um pequeno satélite (do tamanho de uma lata de refrigerante), simulando todas as fases de desenvolvimento e os principais subsistemas de um satélite.


Estrutura Do nosso Cansat

  A estrutura dos CanSats será impressa em plástico PLA. O PLA tem como principal vantagem ser mais barato. deverão preferencialmente seguir os padrões internacionais promovidos pela ESA, ou seja, uma latinha de refrigerante. Temos por base os seguintes sensores:

- Barômetro.
- Termômetro.
- Acelerômetro.
- Giroscópio.
- Bússola eletrônica.
- Sensor de Radiação.


Motivação Por que Cansats?


  O baixo custo de implementação, pouco tempo de preparação e simplicidade de projeto, comparado com outras alternativas de projetos espaciais, tornam o CanSat uma excelente oportunidade prática para os estudantes se iniciarem em atividades espaciais.É basicamente, uma reprodução em escala diminuta do projeto, implementação e lançamento de um satélite real. O processo requer um método de aprendizagem baseado em problemas, onde o estudante é o ator principal e aquele que deve resolver os problemas.